Consultas

brain-64

Marcação de Consultas de Neuropsicologia – Dr. Jorge Alves

O Dr. Jorge Alves é Neuropsicólogo Clínico e especializa-se na avaliação e reabilitação de dificuldades cognitivas que podem ocorrer ao longo do desenvolvimento humano, com especial enfoque em problemas cognitivos decorrentes de lesão cerebral e doenças neurodegenerativas, e mudanças cognitivas ligadas ao desenvolvimento humano e ao processo de envelhecimento.
É Doutorado e Mestre em Psicologia pela Universidade do Minho, Investigador Científico nas áreas da Neuropsicologia, Neurociências, e Doença de Alzheimer, e Revisor científico em diversas revistas científicas/técnicas internacionais.
Para uma breve biografia e percurso profissional pode consultar o seu CV abreviado.

Nesta página poderá encontrar informações sobre o propósito de uma Consulta de Neuropsicologia e o que esperar da mesma, e de como solicitar a marcação de consultas (pode utilizar o Formulário de contacto ou deslocar-se ao final da página para obter o contacto de marcação de consultas).

Consulta de Neuropsicologia

A Consulta de Neuropsicologia Clínica tem duas vertentes/áreas/serviços clínicos principais – Avaliação e Reabilitação:

Avaliação Neuropsicológica/Cognitiva, que visa:
-Avaliar as alterações cognitivas, comportamentais e emocionais decorrentes de doenças neurodegenerativas, lesões cerebrais adquiridas ou perturbações neurodesenvolvimentais.
-Identificar as consequências (cognitivas, emocionais, comportamentais) da disfunção cerebral e avaliar o impacto destas alterações na vida da pessoa, na sua capacidade laboral e funcional, no meio familiar e nas relações sociais.
-Apoiar o diagnóstico diferencial.
-Apoiar na decisão de seleção de medicação e o planeamento do tratamento multidisciplinar.
-Avaliar e estimar a capacidade de retomar atividades prévias à disfunção, tais como trabalhar, estudar, gestão das atividades de vida diárias e das próprias finanças.
-Avaliar as capacidade intelectuais de indivíduos saudáveis e com patologias cerebrais.
-Avaliação neuropsicológica para apoio na tomada de decisão judicial e outros procedimento legais.

Nota: As ferramentas de avaliação utilizadas são devidamente selecionadas para se adaptarem às necessidades individuais e situacionais de cada caso e de cada patologia. Sempre que seja adequado e pertinente, após uma avaliação serão fornecidas opções de reabilitação cognitiva.

Reabilitação Neuropsicológica, que visa:
-Melhorar ou lentificar a progressão dos défices cognitivos, sociais e emocionais resultantes de insulto cerebral.
-Permitir à pessoa alcançar o seu nível óptimo de bem-estar, reduzir o impacto dos problemas cognitivos no dia-a-dia e apoiar no regresso aos ambientes mais apropriados.
-Dotar o indivíduo e a família de estratégias que permitam ultrapassar, gerir ou minimizar os défices cognitivos e as suas consequências.
-Consultoria aos intervenientes no processo de recuperação do paciente: Informar e aconselhar os utentes e familiares; Consultoria a instituições escolares e entidades patronais sobre estratégias para maximizar a reintegração profissional e social.
Nota: Após a avaliação de cada caso individual é desenvolvido um plano adequado que pode incluir tarefas papel-e-lápis, treino cognitivo computadorizado estandardizado e tarefas desenvolvidas de forma específica para o caso em questão.

Problemáticas típicas que surgem na Consulta de Neuropsicologia:
- Crianças, adolescentes ou adultos reencaminhados por profissionais médicos (ex. neurologistas, psiquiatras) para avaliação das dificuldades cognitivas de forma a permitir o diagnóstico diferencial, a caracterização das dificuldades, a sua natureza/possível origem, ou a monitorização das mesmas.
-Avaliação cognitiva e Reabilitação Neurocognitiva de perturbações neurológicas (Doença de Alzheimer e outras Demências, Traumatismo Crâneo-Encefálico, Acidente Vascular Cerebral – AVC).
-Avaliação cognitiva pré e pós-cirúrgica: Determinação do perfil neurocognitivo antes de uma neurocirurgia e monitorização da evolução pós-cirúrgica.
-Avaliação cognitiva e Intervenção em dificuldades cognitivas ligadas a quadros neurodesenvolvimentais, dificuldades de aprendizagem e Défice de Atenção com Hiperatividade.
-Avaliação e Intervenção do funcionamento cognitivo em adultos mais velhos.
-Avaliação de capacidade cognitiva solicitadas por tribunais para efeitos judiciais.

Exemplos de casos:
- O Senhor José (62 anos) tem tido dificuldades em gerir o seu pequeno negócio e as suas finanças pessoais. Os familiares do Senhor José estão preocupados com os esquecimentos que ele tem apresentado desde há uns meses, tendo-se inclusivamente perdido em ruas familiares. O seu médico recomendou-lhe uma avaliação neuropsicológica.
- O Pedro (22 anos) teve um acidente de viação e ultimamente têm tido dificuldades em acompanhar as matérias da universidade e o seu desempenho académico diminuiu. Os que lhe são próximos referem que “já não é o mesmo”. Após compreender as suas dificuldades cognitivas, encontra a participar num programa de reabilitação cognitiva para melhorar a sua memória e o rendimento escolar.

Marcações

Caso pretenda marcar consulta poderá entrar em contacto através do formulário de contacto.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>